domingo, 30 de abril de 2017

Perfil: Isaac Asiata, Guard - Utah



O Miami Dolphins fez uma escolha neste ano: DEFESA. E só fez duas escolhas fora do setor, uma delas foi Isaac Asiata, Guard da Universidade de Utah. E vamos ser bem sinceros: ele é, talvez, o único que tem lugar certo como Starter no dia da abertura da temporada. Talvez, porque tem outros que podem virarem Staters, mas eu cravo que ele será. Ele tem potencial para preencher o espaço no meio da OL ( em qualquer um dos lados ) e render bem perto do que, por exemplo, poderia render Forrest Lamp. Com teto menor é claro e evidente, mas não deverá fazer feito.

VISÃO GERAL

Isaac é o primo do ex-Utah e atual Minnesota Vikings Matt Asiata. O agora nosso Asiata (ah-see-ah-ta) começou todos os jogos desde então, principalmente como Left Guard ( com sete jogos como Right Guard em 2014 ). Ele ganhou menção honrosa na All-Pac-12 aviso como um Júnior e figurou na Segunda equipe como Sénior. Asiata trocou camisa com o Center JJ Dielman em outubro de 2016, que se machucara seriamente, como um sinal de apoio para seu companheiro de equipe caído.

ANÁLISE
  • Pontos Positivos - Altura e corpo saltam aos olhos, sem contudo perder flexibilidade exigida para a posição. Atua em ambos os lados e ainda pode atuar como Center, o que uma vantagem interessante porque Mike Pouncey não consegue ficar saudável. Atua com excelente agressividade sem ser faltoso. Exige esforço extra dos defensores, dando o máximo logo no início do Snap. Tem rapidez em suas reações para proteger o QB em blitzes e mudanças de jogadas, quando o QB busca alternativas na jogada.
  • Pontos Fracos - Estilo pode ser muito frenético, precisando melhorar - bastante - o uso das mãos. Sua técnica carece de desenvolvimento, sobretudo quanto ao equilíbrio. Pode ficar no meio do caminho entre um Guard excelente e mediano se não evoluir. 
  • Comparável na NFL - Jeremiah Poutasi
  • Resumo - Agressivo e poderoso com a capacidade de criar espaço para RBs em um esquema de energia. Asiata precisa manter o ritmo durante toda a partida, por vezes parece um All-Star e no Snap seguinte um jogador de High School. Tem todo o potencial para ser um sólido starter por anos na NFL, mas pode ser melhor do que isso com o desenvolvimento certo. Uma vantagem é sua dedicação.
  • Nota - Aqui disponibilidade e necessidade casaram-se perfeitamente. Asiata era cotado para sair no terceiro round e, incrivelmente sobrou para nós no quinto. Temos um jogador capaz de ser Starter durante toda a temporada e que pode atuar no interior da OL em qualquer posição. Forte no jogo corrido carece de melhorias na proteção ao passe. Um achado, sem dívida alguma. Por tudo isso é uma escolha A.

Nenhum comentário: